Desde: 01.06.2011

Desde: 01.06.2011
BOM LEMBRAR: André Luiz - ‘Os Mensageiros’: “O que nos deve interessar, todavia, é a semeadura do bem. A germinação, o desenvolvimento, a flor e o fruto pertencem ao Senhor.” (Paulo e Estevão. Emmanuel/JC): “O valor da tarefa não está na presença pessoal do missionário, mas no conteúdo espiritual do seu verbo, da sua exemplificação e da sua vida”. Emmanuel: “O tédio é sempre filho da incompreensão dos nossos deveres.”. “[...] o desencanto constitui-se um veneno da imprevidência e da irresponsabilidade”. “[...] valiosa é a escassez, porque traz a disciplina. Preciosa é a abundância porque multiplica as formas do bem”. “[...] a permanência na terra decorre da necessidade de trabalho proveitoso e não do uso de vantagens efêmeras”. “Jamais atingiremos nossos objetivos torturando chagas, indicando cicatrizes, comentando defeitos ou atirando espinhos à face alheia. Compreensão e respeito devem preceder-nos a tarefa em qualquer parte.” (Emmanuel) "Tudo que a doutrina espirita me ensinou é que precisamos nos renovar sempre." (Chico Xavier).

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Generosidade (Globo Repórter)


A história da corrupção no Brasil (Arquivo N)


Petrobras (Arquivo N)


Brasília (Arquivo N)


Índia: crianças escravas


Uganda: escravas da milícia Resistência do Senhor


Yazidi e exploração sexual no Iraque

8 livros que você deveria ler


Refugiados sírios


Crianças na faixa de Gaza


Reunião do GRUPE no MPT


GRUPE se reúne para tratar sobre a tradução do livro da Recolpilação de Decisões do Comitê de Liberdade Sindical da Organização Internacional do Trabalho (OIT), na sede da PRT-7ª Região, dia 07.02.
Após os debates acerca das traduções que ensejarão a publicação de um livro pelos membros do grupo, houve a discussão sobre o Congresso Internacional de Direito Sindical.

SINTEC - Clovis Renato trata sobre a Reforma Trabalhista


terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Non, ne regrette rien (Edith Piaf - legendado)

 Não, eu não lamento nada

La vie en Rose (Edith Piaf)


Mouraria (Amália Rodrigues)


Uma casa portuguesa (Amália Rodrigues)


Quantas lágrimas (Manacea)


30 anos das bombas no Riocentro (reportagem 2004)


Delegado Cláudio Guerra: matador arrependido (ditadura)


Queima de arquivos após o regime militar

Confissões do Coronel

Comissão da Verdade: depoimento do Coronel Paulo Malhaes

1

Torruras pelo governo? Coronel Ustra na Comissão da Verdade



Jorge Ben tinha razão nas polêmicas

Fio Maravilha

Rod Stewart
Resposta anos depois na Isto é:
Com mais de 150 milhões de discos vendidos, o roqueiro toca em outro ponto delicado de sua carreira. Ele assume, sem grandes problemas, que plagiara Jorge Ben Jor, o que o obrigou a atribuir ao músico carioca a coautoria do seu sucesso “Da Ya Think I’m Sexy”. “Passei o Carnaval de 1978 com Elton John e Freddie Mercury no Rio de Janeiro”, conta no livro, citando dois acontecimentos significantes. “Primeiro foi que me apaixonei por uma estrela de cinema brasileira lésbica. O outro foi que em todo lugar tocava ‘Taj Mahal’, de Jorge Ben, e aquela melodia, inconscientemente, ficou na minha cabeça, e transformou-se em ‘Da Ya Think I’m Sexy’. Plágio inconsciente, apenas.” Apesar do clima de confissão permanente, Stewart se deu o direito de preservar algo em sua autobiografia: o nome da tal atriz brasileira por quem caiu de amores naquela época.

General Newton Cruz e o terror (1977-1983)

Quando estava no poder:

Bussunda (Arquivo N)


Paquistão: escravidão e miséria


segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Maria de Nazaré ( Thales Glayson)


159 anos do Livro dos Espíritos (Thales Glayson)


Sentido da vida (Lama Michel)


Por que sofremos? (Raul Teixeira)


Lutas e tribulações (palestra Carlos Alberto Braga)


Reencarnação: evidências evangélicas (Nonato Albuquerque)


Simplicidade e pureza de coração (Nonato Albuquerque)


quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Tia Socorro (histórias inspiradoras - adoção)



A caminho da luz (Palestra Sérgio Santos)


A caminho da luz (Palestra Marlene Sales)


A caminho da luz (Palestra Estêvão Camolesi)


A caminho da luz (Palestra Marina Baduy)


A caminho da luz (Palestra Honório Onofre)


Data Limite Segundo Chico Xavier (Documentário)

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Paciência e fé


“Devemos lembrar que os adiamentos de Deus não são negativas de Deus
[...]
Se você sair de casa hoje e plantar uma semente, não pode esperar voltar amanhã para encontrar uma árvore.”
(Anthony Robbins – Desperte o seu gigante interior)


quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Livros de Clovis Renato Costa Farias

Eleições Sindicais: autorregulação pluralista das eleições democráticas 

Direito Administrativo em ação: estudos específicos sobre os Técnico-Administrativos em Educação nas Instituições Federais de Ensino

Desjudicialização: conflitos coletivos do trabalho


sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

SP/Sindpadeiros: Seminário de Planejamento e Organização para 2018


Clovis Renato apresenta a temática
O Seminário de Planejamento e Organização do Sindicato dos Padeiros de São Paulo foi realizado nos dias 12, 13 e 14 de dezembro de 2017, em Caraguatatuba, litoral paulista, com amplos debates sobre a atuação da entidade após a Reforma Trabalhista, aprovando agenda específica das ações da entidade e da categoria para o ano de 2018.

Os palestrantes principais foram os advogados Clovis Renato (Doutor em Direito pela UFC, Professor Universitário, Advogado de entidades sindicais, membro do Grupe e da Excola) e Hudson Silva (Especialista em Direito do Trabalho, advogado sindical), que seguiram a programação.


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

SERVIDORA (V.B.B.S) TEM DIREITO A PERCEPÇÃO DE GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO NO 2º GRAU



VITÓRIA: SERVIDORA (V.B.B.S) TEM DIREITO A PERCEPÇÃO DE GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO NO 2º GRAU

Os assessores jurídicos do SINTUFCE (Thiago Pinheiro e Clovis Renato propuseram ação judicial alegando que o certificado tem reconhecimento em território nacional e não cabe a UFC negar a validade. A UFC negou validade ao certificado e em sede de contestação, além da incompetência dos Juizados Especiais Federais, no mérito, aduziu que o título apresentado não tem reconhecimento acadêmico.

A sentença de primeiro grau com vitória do servidor J.G.R:

(...) Em epítome, a UVA, por compor sistema estadual de ensino, deve obediência ao regramento geral da Lei de Diretrizes e Bases, destarte, o diploma de curso superior por ela expedido tem validade nacional, nos termos do art. 48 da Lei n.º 9.394/1996, não podendo a promovida, com fundamento em normas complementares concernentes ao sistema federal de ensino, recusar validade ao certificado, mormente quando há parceria aprovada pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (Portaria 294, de 28 de abril de 2011 – v. anexo 4, fl 27) e aprovação do curso, mediante a Portaria n.º 281/2012, pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão daquela IES (v. anexo 4, fl 31).

Destarte, faz jus o promovente ao Incentivo à Qualificação, instituído pela Lei n.º 11.091/2005 e regulado pelo Decreto n.º 5.824/2006, conforme tabela constante do anexo I do referido decreto, devendo a promovida observar ainda se o curso concluído está inserido na área de conhecimento com relação direta ou indireta.

Inconformada, a UFC recorreu a Turma Recursal. No acórdão proferido, a sentença foi mantida pela 3ª Turma:

Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Terceira Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais do Ceará, por unanimidade, em NEGAR PROVIMENTO ao recurso, nos termos do voto do relator, que passa a integrar esta decisão.

Além do signatário, participaram do julgamento os Exmos. Srs. Juízes Federais André Dias Fernandes e Dartanhan Vercingetórix de Araújo e Rocha.

Do processo (0511592-59.2017.4.05.8100), que tramita na 26ª Vara do Juizado Especial Federal, ainda cabe pela UFC, ao STF.

Pobreza no Brasil


Magnetismo e pensamento (Mayse Braga)


Luz e escuridão (Mayse Braga)


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Senado debate Ebserh e problemas na autonomia universitária - Sintufce e MDTS


SINTEC: Negociação coletiva após a reforma trabalhista (palestra com Clovis Renato)


Síndrome de Aspenger (Viver a Vida)


Viver a Vida (albinismo)


Síndrome de Williams (a luta da mãe de Jéssica)


Viver a vida (William Coelho)


Viver a vida: Marcos Rossi


''viver a vida'' Virgínia D. Carneiro ''superação''


Honra teus pais - Renato


SLAT: SAMEAC x EBSERH jugamento órgão especial TST (Defesa Clovis Renato)


Trecho da sentença da 7 Vara do Trabalho que retoma vigência

Órgão especial do Tst (04.12): participação de Clovis Renato e provimento do agravo

A partir do minuto 46 - caso Sameac

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

SERVIDORA GANHA EM 1ª INSTÂNCIA DIREITO DE NÃO DEVOLVER VALORES RECEBIDOS DE BOA-FÉ





A UFC notificou a servidora pública para devolver valores referentes à percepção a maior de valores pagos relativos ao adicional, em grau máximo, de insalubridade recebidos.

O cadastro do adicional pago a servidora foi cadastrado pela UFC em grau máximo (20%), onde o correto seria 10%. Em razão disso, a Universidade passou a cobrar a devolução da diferença, através da instauração de processo administrativo.

Os assessores jurídicos do SINTUFCE (Thiago Pinheiro e Clovis Renato) propuseram ação judicial, após a UFC não ter aceito recurso administrativo, alegando que não há o que se falar em restituição de valores recebidos de boa-fé, por erro da Administração.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Paulo e Estevão (Seminário com Haroldo Dutra Dias)



Parte I

Conversa de Chico Xavier com Dr. Banerjee (cientista hindu)

Agenda Cristã e Conduta Espírita (Livros que Iluminam: Mayse Braga)

Desobsessão (Livros que Iluminam: Mayse Braga)

Os Mensageiros (Livros que Iluminam: Mayse Braga)

Libertação (André Luíz - Livros que Iluminam: Mayse Braga)

Humanos não são necessários (Documentário)

Observando o Capital

Sansung
Coca Cola
Nike

Biografia de Jô Soares (Ricardo Boechat)


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

VITÓRIA: SERVIDOR DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO WALTER CANTÍDIO, NO DEPARTAMENTO DE RADIOLOGIA, OBTÉM O DIREITO DE ACUMULAR OS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E ADICIONAL IONIZANTE




Os assessores jurídicos do SINTUFCE (Thiago Pinheiro e Clovis Renato propuseram ação judicial alegando que as atividades desenvolvidas pelo no ambiente de trabalho  dizem respeito à realização de exames radiológicos, operando, para tal, aparelhos convencionais, aparelhos de tomografia computadorizada, aparelhos móveis, expondo-se de forma direta e permanente à radiação ionizante dos aparelhos de raio-x, bem como solicitando o reconhecimento da possibilidade de cumulação do adicional de irradiação ionizante com o adicional de insalubridade.

Senado: Audiência pública da Comissão de Direitos Humanos - Diretores do Sintufce discutem gestão da EBSERH


Na manhã de hoje (23/11), as diretoras do Sintufce, Keila Camelo e Maryane Barros, juntamente com o assessor Jurídico da instituição, Dr. Clóvis Renato Farias, participaram de audiência pública, em Brasília, promovida pela Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, para discutir "EBSERH - Uma ofensa à autonomia universitária e à formação acadêmica dos profissionais das áreas da saúde".



Na ocasião, a coordenadora Geral do Sintufce, Keila Camelo, falou sobre o caos que a EBSERH vem causando aos Hospitais Universitários (Hus) do Ceará. “Para nós é uma tristeza ver a realidade em que se encontra o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC), ambos com problemas sérios de reformas inacabadas, filas quilométricas de marcação de exames, pacientes neurológicos que não conseguem ser atendidos sem antes passar por uma fila nos postos de saúde, falta de verba para custeio de cirurgias e medicação, além das atitudes arbitrárias que a EBSERH executa dentro dos HUs sem ciência do Reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), como foi o caso da suspensão dos transplantes hepáticos e o confisco dos reajustes dos Adicionais por Plantão Hospitalar (APHs) dos servidores do Regime Jurídico Único (RJU), avaliou”.

A coordenadora também fez um apelo solicitando que “a Lei 12550/11, que criou a EBSERH, seja revogada e que os Hospitais Universitários sejam devolvidos à gestão da Universidade Federal do Ceará (UFC)”.

O assessor Jurídico do Sintufce, Dr. Clóvis Renato, fez uma síntese sobre a situação em que se encontram os trabalhadores da SAMEAC após a substituição pelos empregados da EBSERH, e sugeriu como encaminhamento uma proposta de acordo com o novo presidente da EBSERH, Kleber de Melo Morais.

Dossiê “O Caos no HUWC e na MEAC após a EBSERH”
O Sintufce foi a primeira instituição a preparar um dossiê revelando todo o caos que a EBSERH tem causando aos Hospitais Universitários do Ceará, inclusive, servindo de referência para outros sindicatos elaborarem suas denúncias.

Com mais de 100 páginas, o Dossiê reúne as dificuldades enfrentadas pelo HUWC e MEAC, que vão desde a falta de medicamentos a problemas na infraestrutura. Além disso, traz um resumo de todas as notícias negativas que a imprensa local e nacional divulgou sobre a EBSERH.

Poder sem limites (Anthony Robbins)

Parte 1

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas (Dale Carnegie)


Pink Floyd (biografia)


quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Disposição para o trabalho, equilíbrio e justiça - Renato


TCU constata falhas na gestão da EBSERH


Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) nas ações da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) apontou uma série de falhas na gestão e na infraestrutura de Hospitais Universitários Federais (HUFs). Em relatório divulgado no fim de novembro, o ministro relator, Bruno Dantas, cobrou transparência na gestão financeira da empresa e asseverou que as falhas encontradas “têm reflexos negativos de grande impacto para a efetiva prestação de serviços de saúde pública” e “implicam em repasses de recursos desconectados da capacidade real dos hospitais e das necessidades de saúde das comunidades atendidas”.

Crise na saúde: Hospitais de ensino pedem socorro



Responsáveis por até 10% das internações hospitalares em todo o País e por quase metade dos procedimentos de média e alta complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS), muitos dos 196 Hospitais Universitários (HUs) e de ensino seguem com di­ficuldades ­financeiras e passam por uma crise que já interrompeu serviços e atendimentos ao longo dos últimos anos.

Gerenciamento dos hospitais e a autonomia universitária são tema de audiência na CDH


A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) promove nesta quinta-feira (23) audiência pública interativa para debater a atuação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) em contraponto à autonomia universitária e à formação acadêmica dos profissionais das áreas da saúde.
Criada em 2011, a EBSERH, vinculada ao Ministério da Educação, é uma empresa pública com objetivo de gerenciar os Hospitais Universitários federais e dar apoio às universidades. Algumas medidas tomadas pela empresa, entretanto, foram criticadas pelos profissionais da área porque estariam ferindo a autonomia das universidades.

Greve: A decisão do STF e formas de compensação menos gravosas aos servidores (Clovis Renato Costa Farias)


Republicação de artigo publicado neste periódico em 26.01.2017, após apresentação do tema em Sobral, Seminário sobre a Greve em 21.11.2017, na Faculdade de Medicina da UFC, conforme fotos desta publicação: http://vidaarteedireitonoticias.blogspot.com.br/2017/01/greve-decisao-de-stf-e-formas-de.html
O direito de negociação, greve e as demais liberdades sindicais, em geral, sempre foram desrespeitados ou vistos com valoração negativa pela sociedade no Sistema Capitalista, de regra, antidemocrático e desrespeitador da dignidade da pessoa humana.

Assim, apoiando-se nos pilares trabalho-dinheiro-consumo, os gestores capitalistas sempre tomaram, especialmente, o direito de greve como algo amargo, como destacado por Gérson Marques ao demarcar seu livro “Greve: um direito antipático”.


GREVE NO SERVIÇO PÚBLICO

No caso dos servidores públicos, a República Federativa do Brasil, não seguiu, em termos práticos, rumo diferente. Proibiu a sindicalização e a greve a seus servidores até 1988, somente ratificou a Convenção nº 151 da Organização Internacional do Trabalho (Direito de Sindicalização e Relações de Trabalho na Administração Pública) em 2010 (defendendo que precisa ter regulamentação interna para cumprimento - se esquivando de efetivar) e, até o momento, não regulamentou o direito de greve e negociação no serviço público.


Sabe-se que as greves dos servidores, apesar de reconhecidas e garantidas pela Constituição de 1988, nunca foram regulamentadas e trouxeram um histórico de decisões do Poder Judiciário que demarcavam ilegalidade dos movimentos paredistas pelo fato de inexistir lei específica regulamentando tal direito.

Reforma trabalhista é tema do 1º Seminário Regional de Direito do Trabalho




Com o tema Reforma Trabalhista: Texto e Contexto, o 1º Seminário Regional de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho irá debater os principais pontos da nova legislação. O evento acontece no dia 18 de novembro, no curso Sentido Único, e contará com a presença de diversos especialistas sobre o tema, inclusive desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará.

O desembargador José Antonio Parente será um dos debatedores de um dos pontos da reforma que mais gerou controvérsia no mundo jurídico: a prevalência do negociado sobre o legislado. Já o desembargador do TRT/CE Emmanuel Furtado irá abordar, juntamente com outros especialistas, as novas modalidades de rescisão contratual de acordo com a reforma trabalhista.
O novo texto, em vigor a partir do dia 11 de novembro, muda dezenas de artigos de Consolidação da Leis Trabalhistas (CLT), afetando regras relacionadas a jornada de trabalho, férias, trabalho remoto, entre outros pontos.
As inscrições para o 1º Seminário Regional de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho são gratuitas, mas condicionadas à doação de duas latas de leite em pó. Para reservar vaga e obter mais informações sobre o evento basta ligar para o telefone 3241 2090. O curso Sentido Único fica na Av. Washington Soares, 2261.